.

.

Entrevista com o Missionário Abnaias Duraes

Querido Missionário Abnaias é um privilégio poder ouvi-lo e certamente será muito bom para nossos leitores saber um pouco sobre este tão importante trabalho que você desempenha, Fale um pouco do sr.?
Tenho 61 anos
Tenho 6 filhos e 5 netos

EU E MINHA CASA SERVIMOS AO SENHOR!

Há quantos anos o irmão trabalha neste projeto de Missão?
Sou missionário desde o dia em que recebi Jesus como meu único e suficiente Senhor e Salvador em 1994

Como se deu seu ingresso na obra missionária e como foi conduzido até á Missão no Sertão Nordestino?
Tudo começou com o meu chamado por Jesus. Assim que me converti desejava muito fazer missões. Porem as igrejas aqui onde moro não tem visão missionária na verdade nem sabe o que é isto. Não prepara missionário, não vão e nem envia. Por isto eu evangelizava na maioria das vezes sozinho ou com outro irmão. Convidava o pastor para fazer evangelismo, mas ele não ia (infelizmente aqui no interior é assim, o pastor só prega na igreja. Não gosta nem de fazer culto ao ar livre ou nas casas) eu mesmo convidava alguns irmãos e fazia culto nos lares, mas sem aprovação do pastor. Até que depois de tantos anos sem apoio de nenhuma igreja comecei a pedir ao Senhor Jesus pra me enviar a evangelizar nos povoados, coisa que a igreja não faz. E com os meus poucos recursos comecei a fazer estas viagens missionarias nos povoados ribeirinhos distantes. Grande foi a minha alegria ao ver aquelas pessoas pobre, humilde e desprezada pela a igreja e pelo o governo, abrir o coração e receber a Palavra de Deus com alegria. Daí por diante passei a pedir sempre ao Senhor Jesus para continuar me enviando nestes povoados. Aos poucos Deus foi levantando pessoas para cooperar financeiramente a ponto de eu poder levar até cestas básicas para estes irmãos necessitados. Comecei a divulgar estas viagens missionárias na internet, via e-mail, blog, twitter, facebook etc...e foram surgindo mais pessoas pra me ajudar. Mas ainda assim não surge igreja que queiram ficar levando a Palavra a estes irmãos ribeirinhos, porque dizem estes pastores que não tem retorno pra cobrir as despesas. Isto muito me entristece, pois o mandamento do Senhor Jesus continua sendo “ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”. Por isto fiz cursos de missões e agora de pastor para que eu possa continuar implantando pontos de pregações, discipulado, batizando e dando ceia até que surja igreja que queiram assumir algum destes pontos”. Criei o projeto Viagens Missionárias para que irmãos, pastores que queiram ter esta experiência, viajando comigo.

Que atividades integram hoje seu trabalho missionário?
Como eu disse as atividades são estas: pregar o Evangelho nos povoados e cidades do interior da Bahia. Levar cestas básicas aos novos convertidos. Levar Bíblias, literaturas evangélicas. Convocar a igreja a participar.

Quais foram os maiores desafios encontrados no decorrer do seu ministério?
Como já disse acima os maiores desafios foi começar sozinho, pois ganho somente um salario mínimo, tinha que alugar um veiculo... Etc.

O sr e apoiado por algum ministério evangélico?
Hoje graças a Jesus tenho alguns que tem apoiado ofertando. São eles:
Pr. Waldyr Silva do Carmo.
Igreja Evangélica Casa de Oração CEHAB
Itaperuna-Rj
Pr. Isac Rodrigues
do Curso de Evangelização CEVIDE
Missº Sammis Reachers
(este me deu uma maquina digital e varias literaturas evangélicas)
Pastor Antônio Junior
Missª Tina de Jesus
Missª Patricia Telles
http://blogumavisaomissionaria.blogspot.com.br
David Rodrigues
(filho do Pr. Isac Rodrigues)
Pb. Aislan Guedes
(Igreja Presbiteriana de Barra da Estiva-Ba)
Ministério Evangélico
Jesus o Caminho
Alterosa-Mg
Projeto Oasis no deserto
Rubem Silva


Como as igrejas tem visto o seu trabalho missionário?
As igrejas daqui onde moro estão começando ver que eu sou o único que faço este trabalho. Não criticam, mas também não me ajudam e nem querem receber alguns destes pontos de pregações que implantei nos povoados.

Como o senhor vê o trabalho de evangelização no Brasil?
Infelizmente as igrejas brasileiras estão com saldo negativo nesta área. Embora existam muitos projetos e pessoas fazendo isto principalmente no interior, como eu por exemplo.

O sr acha que a igreja no Brasil tem empenhado no evangelismo no sertão?
Não, não tem empenhado. Embora existam pessoas da igreja que estão fazendo e muito bem feito.

De onde vem seu apoio financeiro para fazer a missão?
Vem do meu próprio esforço e do apoio destes irmãos e ministérios acima citados.

Você já tomou conhecimento de missionários abandonados por suas igrejas de origem?
Conheço muitos que se desviaram por falta de apoio e de amor. Eu mesmo não me desviei graças ao Senhor Jesus...

Quantas viagens você já fez na obra missionária?
Já vou fazendo 13 viagens missionárias




Em qual desses lugares foi mais evidente e eficaz pregar a palavra do Senhor?
Nos povoados ribeirinhos.

O que você acha que deve ser feito para o ingresso de mais missionários no campo, investimentos da igreja ou o compromisso do cristão?
Ambos: Investimento da igreja e compromisso cristão.

Certamente, como um missionário no sertão nordestino o Sr. tem sonhos e uma visão  projetada para o seu futuro. O que o Sr. Espera que aconteça nos Próximos anos?
O que eu quero e preciso é que a igreja desperte para a obra missionária, enviando obreiros e sustentando-os nos pontos de congregações implantados pelos missionários. Eu mesmo tenho 22 povoados à espera de igrejas.

Como pode ser feito doação ofertas para seu ministério?
Através da conta missionária:
Banco Bradesco
Ag:3601.3

C/P:1001608.8

O que diriam para alguém que pensa ser missionário?
 Não espere ser ajudado para ir. Peça ajuda ao Senhor Jesus e vá com o pouco que tem... E assim verá ele preparar as demais coisas. Veja o meu exemplo.

ACESSE,CURTA,SIGA  E COMPARTILHE




4 comentários:

  1. Agradeço ao Projeto oasis no deserto,pela entrevista,principalmente ao irmão Rubem Silva grande parceiro ministerial.

    ResponderExcluir
  2. Queridos irmãos, fico contente em ser lembrada no apoio ao missionário Abnaías, mas peço que editem o endereço de meu blog que está errado na postagem, ok. http://blogumavisaomissionaria.blogspot.com.br

    Quanto ao missionário Duraes, aos pastores presidentes, peço que o ajudem e apoiem nesta grande obra e possam continuar este lindo trabalho. Não adianta apenas evangelizar se não tiver quem cuide. Ele vai, vocês podem manter!

    Projeto Oásis, Deus vos abençoe!

    ResponderExcluir
  3. Amem.Obrigado missionária Patricia pelo o apoio e divulgação das minhas missões.Sim,amada,é disto que todo missionário precisa,do apoio e ajuda dos pastores e igrejas.Faço a obra missionária em 22 povoados no interior da Bahia,a seara é grande mas os obreiros são poucos.Preciso de mais igrejas para entregar pontos de pregações que estou implantando nestes povoados.E sozinho não tem como eu cuidar....Portanto amada continue divulgando esta obra,para a gloria do Senhor Jesus!

    ResponderExcluir
  4. Irmão Rubem modifique alguns itens desta postagem,por agora sou divorciado.Remova nome e fotos da minha ex-esposa

    ResponderExcluir